quarta-feira, 9 de maio de 2007

Washington D.C.

Primeiro vôo a terra de Yankies. Destino? Washington D.C. para o congresso "Experimental Biology 2007".
Aqui deixo as impressões desta viagem...

1. Os americanos são, de facto, MUITO gordos!!! Mesmo muito!

2. Os americanos comem, de facto, MUITO mal!!! Para vos dizer a verdade as primeiras duas refeições em território americano deixaram-me imediatamente knock-out! Até aquilo a que eles chamam saudável, uma salada, vem acompanhada por um molho tóxico que ao fim de 2 garfadas já enjoou.

3. Os americanos comem, de facto, MUITO! Hamburgers gigantes, fatias de pizza monstruosas e é comum a bebida ser "all you can drink"! Uns alarves que só de ver apetece fazer dieta o resto da vida! Enjoa.

4. Viremo-nos para os aspectos positivos. Em Washington os cidadãos em geral são simpáticos e prontos a dar qualquer informação. No entanto a hospitalidade deles fica-se entre o acolhedor e o mandão.

5. Washington é uma cidade bastante organizada, com imensos espaços verdes onde se vê muita gente a correr, a passear, a lançar papagaios, a descansar... Apesar de não ter a vida de cidades como Londres ou Amesterdão, é muito acolhedora e familiar.

6. A grande maioria dos museus de Washington é de graça para toda a gente que os queira visitar.. O acesso á História, arte e lazer são verdadeiramente democráticos nesta cidade. A quantidade de museus que se pode visitar é também de louvar...imensos para todos os gostos e culturas.

7. Os monumentos e memoriais (estes últimos há-os para tudo o que se possa imaginar) são, em grande parte, num estilo neoclássico que pretende a grandiosidade. Bonitos mas falta-lhes o peso dos anos e da história e o valor da rocha.


Washington D.C. cumpriu as expectativas. As positivas e as negativas. A verdade é que daquele lado do atlântico norte tudo se passa... o bom, o maravilhoso, o mau e o terrível. É nitidamente um país de contrastes e de desiquilíbrio mas também de oportunidades!

4 comentários:

Moura disse...

É de facto uma terra de contrastes! Terá o que de melhor e de pior o Homem consegue fazer... Acredito que será uma terra (EUA) altamente retalhada, onde cada canto será um canto, indivídual e culturalmente isolado de tudo que o rodeia. Se por um lado tem cidades altamente cosmopolitas e acolhedoras, como Washington ou NY, terá outras onde o visitante é recebido a disparo de caçadeira e pontapé no traseiro.

Cabe a quem lá vai saber tirar o melhor partido da imensidão de informação e identidades que por lá vagueiam...

Ah.. E ainda bem que já voltaste... :)

Anónimo disse...

Espero que para ti tenha sido essencialmente terra de oportunidades presentes e futuras!
Para próxima leva lancheira...grande!!!


Carmen

Maria José disse...

Não há porque aliemntar ilusões sobre os dotes culinários dos americanos... não existem e ponto final!!! Talvez em casa de alguns [poucos] afortunados [e abençoados] ainda se encontre comida a sério e gente menos excessivamente bem nutrida... ;)

Zé Rocha disse...

Estou preocupado,o Jorge continua com mau feitio.Transmitiste-lhe o meu recado,espero !!